Relatório de Mercado de Manhattan

RELATÓRIO DO MERCADO DE MANHATTAN – 4º TRIMESTRE DE 2012

          De acordo com o Relatório do Mercado de Manhattan do 4º trimestre de 2012 realizado pelo avaliador Jonathan Miller, o desempenho de Manhattan no segundo trimestre pode ser caracterizado por:

          • Queda livre dos imóveis disponíveis em condomínios
          • Crescimento estável a modesto nos preços e atividade de vendas estável
          • O mercado está pronto para aumentos de preços devido ao nível mais baixo de imóveis disponíveis nos últimos 12 anos
          • Aumento significativo do volume de vendas de imóveis de luxo no 4º trimestre como resultado dos vendedores tirando proveito das taxas mais baixas de ganhos de capital em 2012

IMÓVEIS EM CONDOMÍNIOS

            Os preços de imóveis em condomínios em Nova Iorque aumentaram 0,5%, de $1.295,00 para $1.301,00 por pé quadrado em relação ao mesmo período no ano anterior. As vendas tiveram aumento de 2,5% em relação ao mesmo período do ano anterior, com a taxa de consumo melhorando, com diminuição para apenas 6,6 de 10 meses. A lista de imóveis disponíveis despencou 36,9% e os descontos tiveram queda de apenas 3,5% do preço de compra, se comparados com 4,9% no mesmo trimestre do ano anterior.

MERCADO DE IMÓVEIS DE LUXO (MELHORES 10% DE TODAS AS TRANSAÇÕES)

            O preço médio por pé quadrado de imóveis de luxo teve ligeira queda de 1,4%, em relação ao mesmo período no ano anterior, para $2.136,00. A atividade de vendas continuou significativa no último trimestre de 2012, atingindo 29,4%. Muitos proprietários sentiram-se motivados a vender no último trimestre de 2012 e aproveitaram a taxa mais baixa sobre ganhos de capital, de 15%. Isso provavelmente causará uma queda nas vendas de imóveis de luxo no primeiro trimestre de 2013 A lista de imóveis disponíveis caiu 9,6% em relação ao mesmo período no ano anterior e os descontos em imóveis de luxo chegaram apenas a 3,5%.

NOVOS EMPREENDIMENTOS

            Os preços de Novos Empreendimentos diminuíram 3,2%, ou seja, para $1.349,00 por pé quadrado, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. A atividade de vendas de novos empreendimentos teve aumento de 3,5%. A disponibilidade teve uma queda significativa, de 40,8% em relação ao mesmo período do ano anterior. Desde a crise do setor de crédito, a oferta de imóveis em novos empreendimentos caiu 63,4%. O desconto médio dos imóveis disponíveis foi de apenas 3,1%.

RELATÓRIO DO MERCADO DE MANHATTAN – 3º TRIMESTRE DE 2012

            De acordo com o Relatório do Mercado de Manhattan do 3º trimestre de 2012 realizado pelo avaliador Jonathan Miller, o desempenho de Manhattan no segundo trimestre pode ser caracterizado por:

            • Aumento nos preços de imóveis em condomínios por pé quadrado
            • Menos imóveis em oferta em condomínios – queda de 23% em relação ao ano anterior
            • O mais alto nível de vendas para cooperativas em cinco anos
            • O número total de vendas teve queda com relação ao trimestre anterior, mas o movimento continuou

IMÓVEIS EM CONDOMÍNIOS

            A média de preços nos condomínios de Nova Iorque aumentou 7,7%, ou seja, de $1.233,00 para $1.293,00 por pé quadrado, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. As vendas tiveram queda de 31,6% em relação ao mesmo período do ano anterior, embora a taxa de consumo tenha sido forte, com apenas 6,6 meses de disponibilidade nas taxas atuais de vendas. Além disso, a atividade de cooperativas aumentou 31%, compensando a queda na atividade de venda em condomínios. A lista de imóveis disponíveis diminuiu 23,4% e os descontos tiveram aumento de 6,4%, se comparados com 5,7% no mesmo trimestre do ano anterior.

MERCADO DE IMÓVEIS DE LUXO (MELHORES 10% DE TODAS AS TRANSAÇÕES)

            A média de preços de um imóvel de luxo caiu 2,6%, ou seja, de $2.074,00 para $2.021,00 por pé quadrado, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. As atividades de vendas tiveram queda de 5,1% em relação ao mesmo período. A lista de imóveis disponíveis continuou a mesma e os descontos para propriedades de luxo aumentaram para 9,7%, comparados com 4,4% no mesmo período do ano anterior.

NOVOS EMPREENDIMENTOS

            O preço médio por pé quadrado para os novos empreendimentos aumentou 15,5%, ou seja, para $1.422,00 em relação ao mesmo período do ano anterior, pois a tendência de vendas de unidades maiores continuou e algumas ofertas de novos empreendimentos chegaram ao mercado. As vendas de novos empreendimentos caíram 8,5%, uma vez que a limitada disponibilidade destes imóveis em Manhattan foi absorvida durante o ano. A lista de imóveis disponíveis diminuiu 27,7%, significativamente abaixo do mesmo período do ano passado. Os descontos aumentaram para 9,7% em comparação com 6,1% no mesmo trimestre do ano anterior.

RELATÓRIO DO MERCADO DE MANHATTAN – 2º trimestre de 2012

De acordo com o Relatório do Mercado de Manhattan do 2º trimestre de 2012 realizado pelo avaliador Jonathan Miller, o comportamento de Manhattan no segundo trimestre pode ser caracterizado por:

            • Preços e atividade de vendas estáveis
            • Aumentos nos preços de propriedades de luxo
            • Pouca disponibilidade
            • Mudança para apartamentos de preços inferiores, com recorde de financiamentos a juros baixos por parte de compradores iniciantes

CONDOMÍNIOS

A média de preços nos condomínios de Nova Iorque aumentou 1,6%, ou seja, de $1.201,00 para $1.182,00 por pé quadrado, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. A atividade de vendas caiu 11,8% no mesmo período do ano passado, embora a taxa de absorção tenha melhorado, com apenas 8,4 meses de suprimento nas taxas de vendas atuais. Além disso, a atividade de cooperativas aumentou 10,9%, compensando a queda na atividade de vendas de condomínios. A lista de imóveis disponíveis diminuiu 14,7% e os descontos tiveram aumento de 6,8%, se comparados com 2,3% no mesmo trimestre do ano anterior.

MERCADO DE IMÓVEIS DE LUXO (MELHORES 10% DE TODAS AS TRANSAÇÕES)

A média de preços de um imóvel de luxo aumentou 7,4%, ou seja, de $2.133,00 para $1.968,00 por pé quadrado, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. As atividades de vendas ficaram estáveis em relação ao mesmo período no ano passado. A lista de imóveis disponíveis diminuiu 8,2% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, e quanto aos descontos para propriedades de luxo, o valor foi desprezível, apenas 1% comparado com 11,1%.

NOVOS EMPREENDIMENTOS

O preço médio dos novos empreendimentos diminuiu 5,9%, para $1.092,00 por pé quadrado, comparado com o mesmo período no ano anterior, pois houve uma mudança na atividade de vendas para as unidades de nível inferior, sem nenhum novo empreendimento emplacando no mercado. As vendas de novos empreendimentos caíram 25%, uma vez que a limitada disponibilidade destes imóveis em Manhattan foi absorvida durante o ano. A lista de imóveis disponíveis diminuiu 20%, uma mudança significativa em comparação ao mesmo período do ano passado. Os descontos aumentaram para 10,8% em comparação com 6,2% no mesmo trimestre do ano anterior.

RELATÓRIO DO MERCADO DE MANHATTAN – 1º trimestre de 2012

De acordo com o Relatório do Mercado de Manhattan do 1º trimestre de 2012 realizado pelo avaliador Jonathan Miller, o desempenho de Manhattan no primeiro trimestre em comparação com o mesmo período no ano passado pode ser caracterizado por:

            • Altas nos preços
            • Diminuição da atividade, atribuída à baixa oferta de imóveis disponíveis
            • Aumento nas vendas de apartamentos de valores inferiores e dos mais caros

CONDOMÍNIOS

A média de preços nos condomínios de Nova Iorque aumentou 8,3% para $1.317,00 partindo de $1.218,00 por pé quadrado, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. As atividades de vendas tiveram queda de 8% em relação ao mesmo período. A lista de imóveis disponíveis diminuiu 6% e os descontos tiveram queda de 6,6%, se comparados com 7,7% no mesmo trimestre do ano anterior.

MERCADO DE IMÓVEIS DE LUXO (MELHORES 10% DE TODAS AS TRANSAÇÕES)

A média de preços de um imóvel de luxo aumentou 9,2%, ou seja, para $2.073,00 partindo de $1.899,00 por pé quadrado, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. As atividades de vendas tiveram queda de 3,3% em relação ao mesmo período. A oferta de imóveis disponíveis subiu 18,2% em relação ao mesmo período no ano anterior, com aumento de 25,1% na oferta de revendas e de 4,4% na oferta de novos empreendimentos. O desconto médio oferecido para propriedades de luxo foi insignificante, apenas 1,2%, comparados aos 5,6% no mesmo período do ano anterior.

NOVOS EMPREENDIMENTOS

A média de preços de novos empreendimentos aumentou 1%, ou seja, para $1.263,00 por pé quadrado, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. A atividade de vendas de novos empreendimentos teve aumento de 12,7%. A lista de imóveis disponíveis diminuiu 11,7%, bem mais baixo que em comparação ao mesmo período do ano passado. Os descontos caíram 8,8% em comparação com 9,8% no mesmo trimestre do ano anterior.

RELATÓRIO DE MERCADO DE MANHATTAN – 4º trimestre de 2011

De acordo com o Relatório de Mercado de Manhattan do 4º trimestre de 2011 realizado pelo avaliador Jonathan Miller, o desempenho de Manhattan no quarto trimestre pode ser caracterizado por:

            • Altas nos preços
            • Diminuição nas atividades
            • Diminuição das disponibilidades

CONDOMÍNIOS

A média de preços nos condomínios de Nova Iorque aumentou em 8,1% para $1.259,00 o pé quadrado, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. As vendas tiveram queda de 8% em relação ao mesmo período. A lista de imóveis disponíveis diminuiu 4,6% e os descontos tiveram queda de 4,9%, se comparados com 10,4% no mesmo trimestre do ano anterior.

MERCADO DE IMÓVEIS DE LUXO (MELHORES 10% DE TODAS AS TRANSAÇÕES)

A média de preços de um imóvel de luxo aumentou em 3,1% para $2.166,00 por pé quadrado, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. As atividades de vendas tiveram queda de 12,6% em relação ao mesmo período. A lista de imóveis disponíveis teve um aumento de 7,7% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, e quanto aos descontos para propriedades de luxo, o valor foi desprezível, apenas 1% se comparados a 11,1% no mesmo período do ano anterior.

NOVOS EMPREENDIMENTOS

A média de preços de Novos Empreendimentos aumentou em 18,8% para $1.395,00 por pé quadrado, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. Este aumento é devido principalmente ao grande número de vendas de vários novos empreendimentos de alta qualidade, tais como o Laureate e o The Aldyn. As vendas de novos empreendimentos caíram 27,8%, uma vez que a limitada disponibilidade destes imóveis em Manhattan foi absorvida durante o ano. A lista de imóveis disponíveis diminuiu 23%, bem mais baixo que em comparação ao mesmo período do ano passado. Os descontos caíram 2,9% em comparação com 12,7% no mesmo trimestre do ano anterior.

RELATÓRIO DE MERCADO DE MANHATTAN – 3º trimestre de 2011

De acordo com o Relatório de Mercado de Manhattan do 3º trimestre de 2011 realizado pelo avaliador Jonathan Miller, o desempenho de Manhattan no terceiro trimestre pode ser caracterizado por:

            • Estabilidade dos preços
            • Aumentos significativos nos preços de imóveis de luxo
            • Altos níveis de atividade em todas as categorias
            • Diminuição da disponibilidade

CONDOMÍNIOS

A média de preços por pé quadrado aumentou em 2,8% para $1.233,00, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, em condomínios de Nova Iorque. As vendas tiveram um salto de 33,4%, ou seja, de 1.341 para 1.789 unidades, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. Isto foi uma bela conquista; no entanto, uma parte deste aumento foi devido à queda anormal nas vendas no mesmo trimestre do ano anterior, quando os compradores aproveitaram uma diminuição no imposto federal sobre operações de crédito em trimestres anteriores, e que foi encerrada no final de junho de 2010. A lista de imóveis disponíveis diminuiu 12,8%, bem mais baixo que em comparação ao mesmo período do ano passado. Os descontos caíram 5,7% em comparação com 8,8% no mesmo trimestre do ano anterior.

MERCADO DE IMÓVEIS DE LUXO (MELHORES 10% DE TODAS AS TRANSAÇÕES)

A média de preços por pé quadrado aumentou 9,3%, ou seja, de $1.897,00 para $2.074,00, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior – um aumento significativo nos preços. As vendas tiveram alta de 16,9%, ou seja, de 266 para 311 unidades, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. A lista de imóveis disponíveis ficou estável, se comparada com o mesmo período do ano anterior. Os descontos caíram 4,4% em comparação com 7,3% no mesmo trimestre do ano anterior.

NOVOS EMPREENDIMENTOS

A média de preços por pé quadrado aumentou 1,1%, ou seja, de $1.218,00 para $1.231,00, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. As vendas ficaram consistentes com o mesmo trimestre do ano anterior, ou seja, 577 unidades. A lista de imóveis disponíveis diminuiu 23%, bem mais baixo do que em comparação ao mesmo período do ano passado. Os descontos diminuíram de 19,1% para 6,2% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, conforme os novos empreendimentos disponíveis iam sendo absorvidos em um ritmo acelerado.

RELATÓRIO DE MERCADO DE MANHATTAN – 2º trimestre de 2011

A publicação do Relatório de Mercado de Manhattan realizado por Jonathan Miller reforça tudo que temos visto no mercado de Manhattan nos últimos três meses –um mercado bastante forte e confiante. Notadamente, o mercado de Manhattan tem contemplado aumentos significantes nos preços (4,2% em condomínios e 6,8% em imóveis de luxo), um nível de vendas normal, menor disponibilidade e menos descontos nos preços dos imóveis. Eis alguns dos destaques dos mercados de Condomínios, Imóveis de Luxo e Novos Empreendimentos:

CONDOMÍNIOS

A média de preços por pé quadrado aumentou de $1.134,00 para $1.182,00, ou seja, 4,2% a mais em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, nos condomínios de Nova Iorque. O preço médio de venda subiu de $1.702.079,00 para $1.756.424,00, um aumento de 1,3% sobre o mesmo período do ano passado. As vendas tiveram uma queda de 1.553 para 1.284 unidades, ou seja, 11,2% a menos em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. Entretanto, as atividades do período atual estão alinhadas com os níveis históricos, e as atividades do ano passado foram alavancadas pela diminuição no imposto federal sobre operações de crédito que foi encerrada no final de junho de 2010. A disponibilidade teve uma queda significativa de 11,2%, em relação ao mesmo período do ano passado. Os descontos também caíram significativamente, com uma média de 2,3% de desconto sobre o valor de venda. No mesmo trimestre do ano anterior, os descontos estavam na faixa de 10,5%.

MERCADO DE IMÓVEIS DE LUXO

Quanto ao Mercado de Imóveis de Luxo (os melhores 10% de todas as transações), o preço médio por pé quadrado aumentou de $1.843,00 para $1.968,00, ou seja, um ganho de 6,8% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. As vendas no Mercado de Imóveis de Luxo tiveram uma queda de 276 para 265 unidades, ou seja, 4% menos em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. Já a disponibilidade permaneceu estável em relação ao mesmo período. Os descontos caíram significativamente, com uma média de 2,3% de desconto sobre o valor de venda. No mesmo trimestre do ano anterior, os descontos estavam na faixa de 6,4%.

NOVOS EMPREENDIMENTOS

A média de preços por pé quadrado diminuiu de $1.180,00 para $1.160,00, ou seja, 1,7% a menos em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. As vendas de novos empreendimentos tiveram uma queda de 622 para 577 unidades, ou seja, 7,2% a menos em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. A lista de novos empreendimentos disponíveis diminuiu significativamente, de 2.067 para 1.626 unidades, ou seja, uma queda de 21,3%. Os descontos caíram significativamente para 6,2%, em comparação com 19,1% no mesmo trimestre do ano anterior.