Porque investir em Miami

Quando se fala de Miami, o que geralmente nos vem à cabeça é South Beach, com seu ótimo clima o ano inteiro, belíssimas praias, vida noturna agitada, restaurantes de primeira, Lincoln Road e Ocean Drive. Entretanto, com o recente desenvolvimento ao norte de South Beach, e a adição de 23.000 condomínios em Downtown Miami nos últimos oito anos, Miami está se tornando cada vez mais elitizada, sendo um lugar cada vez mais ideal para se ter uma residência permanente, ou uma segunda ou terceira casa. Entretanto, o ponto de maior destaque no mercado de Miami é Downtown Miami, que está se tornando por si só uma cidade vibrante.

Miami foi classificada como a 9ª das Mais Importantes Cidades Americanas do Futuro pela fDi Intelligence

 

A fDi Intelligence (Foreign Direct Investment) é uma divisão especializada da revista Financial Times, que publica as “Cidades Americanas do Futuro”, trazendo Nova Iorque como a nº 1 e Miami como a nº 9, entre as melhores cidades americanas do futuro. A fDi analisa o campo para novos investimentos estrangeiros em cada cidade como parte de sua análise. Nova Iorque e Miami ficaram bem posicionadas devido ao grande número de projetos de investimentos estrangeiros diretos que ocorreram nas duas cidades nos últimos anos. Sem dúvida, isto continuará. Miami também recebeu classificação bastante alta nas seguintes áreas:

#2 Cordialidade para negócios

#3 Estratégia para investimentos estrangeiros diretos

#10 Infraestrutura

Nova Iorque ficou em nº 1 em potencial econômico; nº 1 em recursos humanos; nº 1 em infraestrutura; nº 8 em estratégia para investimentos estrangeiros diretos; e nº 1 em cordialidade para negócios.

Miami é um verdadeiro destino internacional

Nenhum outro lugar dos EUA tem 45% de visitantes do exterior. Os primeiros cinco países de onde os visitantes vieram em 2010 foram:

  1. Canadá
  2. Brasil
  3. Argentina
  4. Colômbia
  5. Alemanha

Sul-americanos representam 66% dos visitantes internacionais da região, liderados por:

  1. Brasil
  2. Argentina
  3. Colômbia
  4. Venezuela

Europeus representam cerca de 25% dos visitantes internacionais da região, liderados por:

  1. Alemanha
  2. Inglaterra
  3. França
  4. Holanda
  5. Suíça
  6. Suécia

Miami também é um grande destino nacional, com visitantes vindo de todo o país. As primeiras cinco cidades de onde vieram visitantes em 2010 foram:

  1. Nova Iorque
  2. Filadélfia
  3. Chicago
  4. Boston
  5. Atlanta

Notadamente, nova-iorquinos representam 25% de todos os visitantes nacionais!


Miami é uma grande cidade com ndústria diversificada

Miami é o 7o centro mais populoso com população estimada de 5,5 milhões de habitantes. Em 2009, a UBS classificou Miami como a 5a mais rica cidade do mundo, com base no poder aquisitivo. Miami também foi classificada como 11a dos EUA, no que diz respeito ao PIB.

Enquanto o turismo continua sendo uma das principais indústrias, Miami é um grande centro de finanças, negócios, cultura, mídia, entretenimento, artes e comércio internacional.

  • Miami possui a maior concentração de bancos estrangeiros.
  • Miami possui 1.400 sedes de empresas multinacionais na América Latina.
  • Miami é um grande centro de produção de televisão, e o mais importante dos EUA para mídia em espanhol.
  • Miami é um grande centro de gravação de músicas.
  • O Aeroporto Internacional de Miami está classificado entre os aeroportos americanos como segue: 1o em Frete Internacional; 2o em Passageiros Internacionais; 3o em Frete Total; e 12o em Passageiros Totais.
  • O Porto de Miami é um dos portos mais movimentados dos EUA.

Miami Beach passou por uma renovação

Miami Beach tem sido uma das cidades balneárias mais proeminentes do país por quase um século, e por muito tempo tem sido a escolha para uma segunda moradia de ricos e famosos, primeiro com suas mansões de frente para o mar, e mais recentemente com seus luxuosos condomínios. Mais recentemente, uma grande transformação ocorreu em Miami Beach, mais precisamente ao norte de South Beach, até chegar em Hollywood Beach. Esta transformação fez de Miami Beach (e seus arredores) cada vez mais um ótimo lugar para se ter residência permanente ou uma segunda ou terceira moradia.

Como é bem sabido, South Beach atrai uma multidão bastante internacional, então os preços dos imóveis são geralmente bem maiores em “The Beach” que no Centro, uma vez que a demanda é internacional e a disponibilidade é pouca. Por exemplo, o sul do quinto distrito, na ponta mais ao sul, é a área mais cara na ilha, onde os preços iniciam em 500 mil e chegam a 8 milhões de dólares (ou $2.000,00 o pé quadrado e $21.528,00 o metro quadrado), em um condomínio de luxo em Apogee. Entretanto, há opções mais baratas, como os muitos edifícios Art Deco na área central de South Beach, área onde não se podem erguer novos empreendimentos. Os preços aqui são bastante razoáveis (a maioria abaixo de 500 mil dólares) e é uma área protegida da especulação imobiliária.

Áreas ao norte de South Beach se desenvolveram de tal forma que são agora alternativas viáveis em South Beach. Pegue, por exemplo, Mid-Beach, que acrescentou várias propriedades com frente para o mar, como o Gansevoort Residences, o Caribbean, o recém importado da Grã-bretanha SoHo Beach House, e os hotéis reformados Fontainebleau e Eden Roc.

Mais ao norte, Bal Harbour recuperou sua posição com a adição do maravilhoso One Bal Harbour e o novo ultra-luxuoso St. Regis Bal Harbour Hotel and Residences, previsto para inaugurar no início de 2012.

Finalmente, até a área ao norte de Bal Harbour se tornou uma opção viável para muitos, com a adição de alguns dos edifícios mais modernos do sul da Flórida, como o Jade Beach e o Jade Ocean, ou a mais acessível das Trump Towers. Mesmo Hollywood Beach, mais algumas milhas ao norte, é uma opção para muitos agora, com a chegada do Westin Diplomat Hotel and Residences, Trump Hollywood, e o novíssimo empreendimento de luxo Apogee Beach, que foi lançado por apenas $375,00 o pé quadrado (ou $4.036,00 o metro quadrado).

Downtown Miami está evoluindo para tornar-se uma Clássica Cidade Mundial que nunca dorme

 

Downtown Miami está finalmente se tornando relevante à medida que evolui tornando-se uma cidade totalmente nova, com uma paisagem de modernos arranha-céus. De fato, Downtown Miami está agora emergindo como um dos centros urbanos que mais rapidamente cresce no país, que é o produto de significantes aumentos populacionais e de atividades comerciais nos últimos dois anos.

  • Com mais de 23.000 condomínios e mais de 78 edifícios construídos nos últimos oito anos, Downtown Miami passou por um verdadeiro renascimento.
  • Alguns destes edifícios, como o Epic, o Icon Brickell, o 900 Biscayne, o Marquis, e o Paramount Bay, ainda a ser lançado, estão entre os melhores edifícios do Sul da Flórida.
  • Mais de 70.000 pessoas vivem agora em Downtown Miami, devido a um salto de 80% desde 10 anos atrás, com a população devendo aumentar para 85.000 até 2014, quando o saldo de novos empreendimentos for absorvido.
  • Agora que a maior parte do saldo foi absorvido, há novos projetos surgindo, que provavelmente elevarão a cidade a um novo patamar.

O que outrora foi considerado um distrito de trabalho em horário normal, hoje é uma vibrante cidade que funciona 24 horas com restaurantes, opções de entretenimento e experiências culturais. Desde 2008, 120 novas empresas abriram em Downtown Miami, juntando-se aos novos hotéis de luxo como o Kimpton EPIC Hotel, o Viceroy Miami, o Tempo Miami, e o disputadíssimo JW Marriott Marquis. Além disso, diferente do resto do país, três novas torres comerciais se ergueram em Downtown Miami.

Este é um argumento convincente para investidores considerarem Downtown Miami, pois um dos resultados mais importantes da explosão residencial da cidade é que Downtown Miami está cada vez mais se tornando um destino, e com isso virá um crescimento econômico que, por sua vez, gerará mais desenvolvimento. É um ciclo que se auto-sustenta, e que levará ao estabelecimento de uma cidade de classe mundial que a Flórida sempre necessitou.

Para mais informações sobre o desenvolvimento econômico de Miami, siga nosso Miami Blog.